Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Para o caso de tu veres isto I

Para já, entenda-se por "tu" a pessoa que tem merecido mais atenção neste blog. A referida em todos os posts com "p.s.-i love you". Alguma questão...perguntar.

Razão: Vinha para casa a pensar que 2009 está a acabar e de que forma poderia relacionar esta época connosco. Pensei durante um bocadinho e de repente já pensava só em ti. Depois lembrei-me que de qualquer forma que eu suponho, e não sei quando, poderás ter acesso a tudo isto.

Portanto:

Quando leres estas cenas todas e me disseres que as viste vou morrer de vergonha. Mas não me importo. Diz-me...se quiseres! Pelo menos ficas a saber que...
Enfim. Ouvi uma coisa hoje na rádio sobre divorcios:"(...)podemos ter-nos casado com a pessoa certa na altura errada". Entendeste? És a pessoa certa, mas apareceste-me numa altura errada. Embora não tenhamos casado. mas lembrei-me de nós(aai não disse isto)
É isto.
Mas tinha mais coisas para dizer, só que já não me lembro.
Um dia continuo com o que tenho para dizer acerca disto!
navegado por mdemar às 22:58
link | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

M.R.P.

"Não sei onde está o teu coração agora, se ainda vivo lá dentro ou se outra mulher ocupou todo o espaço em que já fui feliz."

E sabes, não estou muito preocupada porque as pessoas são assim mesmo...substituíveis(infelizmente).
Preocupo-me em saber se realmente continuas a ver-me da mesma maneira. As estrelas são sempre as estrelas, e as conchas são sempre as conchas, só que às vezes mudamos o que sentimos depois de olhar para uma estrela posteriormente ao termos segurado uma concha.
Nas estrelas ninguém toca.
E eu sei que gostas de estrelas.
Mas as conchas são sempre uma tentação.
Por isso compreendo e acho que cada vez mais estou insensível a ti. Embora fique triste.
Desde que olhes para mim e me queiras tocar sabendo que não podes...


P.S...
navegado por mdemar às 14:17
link | comentar | favorito
Domingo, 27 de Dezembro de 2009

...

Posso ser normal?
Posso dormir 12 horas depois de uma longa noite?
A cena que me regula responde que não. Responde que 4 horas de sono chega perfeitamente. Deve ser do tipo: "Quiseste ir para a night? Agora sofre aí as consequências. Ressaca Catarina".
Porque é que há uma parte de mim que se arma em mãe de mim mesma?

É um bom dia para ficar no sofá, penso eu.
Será que consigo ler?
Dormir...Sim, preferia dormir. Mas não dá!
Tenho muito para ler!
Mas a minha cabeça...aaauuuu.
navegado por mdemar às 10:15
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

RAIVA

Um dia não vou ter ninguém. Vou ser eu e o meu cão!
À vontade. Sozinha. Sem ninguém a pegar-me no braço.
Não quero uma pessoa como a minha mãe.
Nem outra como o meu pai.
Muito menos os dois juntos.
Sem sequer imaginar um sem o outro.
Não quero um marido. Neste momento não me imagino de anilha no dedo a sentir-me obrigada a...fazer tudo e não poder fazer nada.

Um dia,
vou combinar o que quiser, à hora que eu e os meus amigos entendermos.
vou jantar a qualquer hora. ou se calhar nem janto.
vou as compras quando quiser
vou arrumar a casa quando me apetecer.

serei eu, sozinha, a vontade. comigo.

A minha mãe, como o outro desgraçado, diz q sou má e que ninguém gosta de mim. MELHOR mãezinha! Adoro ser sozinha!


Isto porque os meus pais entenderam q não posso ir agora ao cinema com os meus amigos! Estava tudo bem...foi o melhor Nata de sempre.
navegado por mdemar às 21:49
link | comentar | ver comentários (3) | favorito

Contradições...

...e eu no meio.

Vejamos:

Isto recentemente, por alguém que, na verdade, deveria ser irreal, mas que infelizmente (ou sei lá) é uma pessoa que vai fazendo parte disto. Por entre palavras e brincadeiras de Natal. "Sim és mazinha. No início ainda me enganaste...Mesmo muito mazinha"

Conto os anos pelos dedos das mãos, mas o facto é que por mais que eu saiba que esta bonita história já não faça parte disto, tenho que dar atenção ao simples pormenor: "Eu gosto de ti porque és assim. Difícil." E por entre isto saio-me com uma cena tipo " sudoku, não e? o primeiro não tem piada porque acertamos à primeira e o nível mais difícil é mesmo diabólico mas quando conseguimos..."(concluímos com o primeiro beijo)

Pronto, e estas são duas visões possíveis sobre mim. Do ponto de vista daqueles seres que têm uma cena chamada testículos e afins. E um homem com tomates é aquele que assume que é difícil ter-me e não aquele que põe a culpa de andar a dormir mal em mim. Homens de gerações diferentes e de educações diferentes. E embora o primeiro Presente e o segundo Passado, e embora não me esqueça o rio corre no presente...Fico a pensar nisto porra!
E podia ter iluminado a minha mente nesta madrugada de Natal com uma reflexão Natalícia...mas não.
tags:
navegado por mdemar às 02:10
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Filmes II

-Olá.
-Olá. Estás boa?
-Sim sim. Tu, como estás?
-Sempre bem. O que é que se passa? Tu não gostas de falar ao telefone...
-Ainda estás atrasado?
-Hm?
-Da última vez estavas atrasado. Hoje estás?
-Talvez...
-Desligo?
-Vens ter à minha casa?
-Talvez estejas atrasado. Certo? Para sair?
-Não.
-Então?
-Para ti.
Pi Pi Pi
-Estou?
Pi pi pi
navegado por mdemar às 18:14
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

as 10 coisas que já odeio em ti

Odeio a tua maneira de falar

E o teu cabelo sem corte

Odeio como diriges o meu carro(esta substituo por: odeio quando a tua cadela está sentada no meu lugar do carro)

E quando ficas a olhar para mim

Odeio as tuas botas de combate(odeio o teu boné)

E odeio quando lês os meus pensamentos

Odeio-te tanto que me abate

E até me faz rimar

Odeio que tenhas sempre razão(que tentes ter)

Odeio quando mentes

Odeio quando me fazes rir

E mais ainda quando me fazes chorar

Odeio quando não estás por perto

E quando te esqueces de telefonar

Mas mais do que tudo

Odeio o modo como não te odeio

Nem um pouco, nem por um segundo

Nem por nada...

no filme "10 coisas que odeio em ti"

navegado por mdemar às 22:21
link | comentar | favorito

Natal

Não li nem uma das mensagens de natal que recebi.
Para mim não se deseja bom natal por mensagens e da mesma maneira para toda a gente.
Devemos desejar "bom Natal" de boca cheia a todos e de forma particular. Porque quando desejamos que alguém tenha um bom Natal, não estamos a desejar apenas um sorriso...ou pelo menos não devemos. Natal é o dia de aniversário de um nascimento. E cada um, deve renascer na comemoração do nascimento de Cristo. E seja ele quem for, para quem quer que seja, é realmente uma grande força que devemos procurar lembrar. É por isso que aos que se vão cruzando comigo por estes dias desejo um bom renascimento...um bom Natal portanto. Que seja um dia mais importante do que os outros.
Isto é mil vezes mais profundo do que para aqui escrevi...mas ficou o essencial, pelo menos o que deveria ter ficado.
Nada de mensagens. Nada de e-mails. Nada de mariquices de boas festas.
Apenas o desejo universal de que surja uma luz sobre os Homens, que os lembre que têm de parar, que a vida não precisa de seguir a 1000 à hora, que o Planeta necessita que os Homens parem...porque se não pararem o Planeta parará a Humanidade. Um pouco de bom-senso...que chegue um pouco de bom senso neste Natal por favor :)
navegado por mdemar às 21:50
link | comentar | favorito
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

...

Nunca falei em religião. E neste momento da minha vida talvez seja necessário. Mas é um assunto delicado, que não requer apenas vontade mas sim todo um especial cuidado com as palavras.
Hoje fica a intenção.
Hoje sou Cristã adulta. Fui marcada novamente com o sinal da cruz na testa e recebi os dons do espírito Santo.
Estou feliz.
Mas vou tirar a maquilhagem, vestir o pijama e sentir-me em casa...no meu ninho!
Um dia abordarei o tema ;)
tags: ,
navegado por mdemar às 18:26
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

not again...PLEASE

No inicio da adolescência há os que se apaixonam e dizem ser para a vida.
Depois de anos chega o dia em que a história acaba e o "para sempre" torna-se irmão de impensável e de ridículo.
E agora, no tempo real, quando nos voltam a colocar demasiado próximos(mesmo que seja numa escola enorme onde era possível nunca nos vermos) o impensável e o ridículo continuam na minha cabeça...e continuariam a impor-se com mais convicção se não me sentisse observada daquela forma que bem conheço.
E embora o eu que pensa diga que não. O eu aventureiro diz que até acha piada.
E agora Catarina?
Tem umas boas férias Catarina, pensa nisso.
navegado por mdemar às 15:10
link | comentar | favorito

.catharà.


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.ONDAS

. NADA

. Correntes de ar

. little big penguin

. ...

. Entra

. Egoísmo

. Oscars

. ...

. Amor.

. Sede

.tesouros

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. hoje sonhei contigo.

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub